Pedalada inaugural das Ciclorrotas Nascentes do Iguaçu será neste domingo

As Ciclorrotas Nascentes do Iguaçu serão lançadas neste domingo, dia 18, com uma pedalada inaugural que passará por ruas e estradas de Pinhais, Piraquara e Quatro Barras, cidades idealizadoras do projeto. Nos três municípios haverá eventos especiais. Em Pinhais, a concentração será às 8h30, no Parque das Águas, e saída às 9h. Os cicloturistas seguirão para Piraquara, no Parque das Águas Jacob Simião, onde o evento de inauguração será às 10h30, e, na sequência, irão para Quatro Barras, na Praça Raulino Alves, onde, às 11h30, será realizado o evento oficial de lançamento.

O projeto, inspirado no cicloturismo europeu, foi desenvolvido para dar oportunidade não apenas a ciclistas, mas também a corredores, caminhantes e turistas de conhecerem pontos turísticos e belezas naturais dos municípios, tanto nas áreas urbanas como nas rurais. As ciclorrotas têm um total de 257 quilômetros de extensão. Para quem preferir fazer trajetos mais curtos, há rotas menores. Na pedalada inaugural, o percurso será pelo trajeto principal, de 42 quilômetros.

Percurso inclui estradas e ruas em áreas urbanas e rurais.

Para participar do lançamento das Ciclorrotas Nascentes do Iguaçu, os interessados podem fazer a inscrição, que é de graça, até às 23h59 de sábado, no site da Prefeitura de Pinhais. Também serão aceitas inscrições presenciais no dia do evento. Até o fechamento desta edição, tinham sido registradas mais de 300 inscrições pela internet.

Em todo o percurso da rota principal foram instaladas 45 placas, 15 em casa município. Elas contêm informações detalhadas da Ciclorrota e específicas sobre a região, inclusive com QR Codes que levam a um mapa turístico digital de cada município.

SEGURANÇA

A organização das Ciclorrotas Nascentes do Iguaçu faz algumas observações importantes com relação à segurança. Por ter um percurso de longa extensão, a pedalada não é indicada para iniciantes e menores de 18 anos não terão sua inscrição validada. Os participantes devem utilizar obrigatoriamente capacete e são recomendados outros equipamentos de segurança, como luvas e proteções para os joelhos e cotovelos.

Convém também a utilização de óculos, pois é uma opção confortável e que protege não apenas dos raios solares, como também de agressões ambientais como poeiras e insetos. Com a intenção de aumentar a segurança da própria bicicleta, o ciclista pode optar em instalar pequenos espelhos laterais, que funcionam como retrovisores, de forma a permitir visualizar tudo em seu redor, bem como uma buzina para sinalizar a sua presença ou mesmo alertar pedestres e condutores de outros veículos.

O ciclista deve ainda optar por roupas que permitem que ele seja facilmente visualizado na via, dando sempre preferência a roupas claras e, se possível, com riscas ou uma capa refletora. É muito importante que os motoristas possam prever sua trajetória, por isso sempre sinalize o que pretende fazer, com sinais de mão.