Energia solar no Parque das Águas gera economia de R$ 150 mil em um ano

Com pouco mais de um ano de funcionamento, o Parque das Águas de Pinhais já é um dos cartões-postais da cidade. Quando planejado, o pensamento foi a preservação do meio ambiente e a sustentabilidade. Para isso, um dos destaques da sua estrutura é utilizar iluminação com energia solar. Neste tempo de funcionamento a Prefeitura já economizou cerca de R$ 150 mil. Além disso, a taxa de manutenção é de 6%, bem abaixo do custo das lâmpadas convencionais, que é de 20% ao ano.

Para a prefeita Marli Paulino, Pinhais já é exemplo de inovação em várias áreas, “e no caso da iluminação do nosso Parque das Águas não é diferente. Trabalhamos na otimização dos recursos públicos, para conseguirmos fazer mais por menos e este sistema de iluminação é uma prova disso. Com a economia gerada de R$ 150 mil podemos investir em outras necessidades da nossa população”.

Com mais de 360 postes e luminárias, a energia solar do Parque das Águas é limpa e renovável. Além da economia financeira, este sistema traz vantagens para o meio ambiente e à saúde, pois não emite gases poluentes ou outros tipos de resíduos. Por meio de placa fotovoltaica a energia solar é captada e armazenada em bateria. Ao anoitecer, a luminária com lâmpadas LED acende automaticamente em uma intensidade baixa, quando o sensor de presença é ativado, ela trabalha em sua potência máxima.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *