Região Metropolitana tem 1º caso suspeito de coronavírus

Uma mulher de 66 anos está sendo monitorada em Campo Largo, região metropolitana de Curitiba, suspeita de estar com o coronavírus. A informação foi confirmada pela Secretaria Estadual de Saúde do Paraná (Sesa), que quarta-feira, dia 26, havia anunciado outro caso suspeito em Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais. A mulher está internada em isolamento em um hospital particular da cidade

Assim como a mulher de 29 anos suspeita de estar infectada em Ponta Grossa, o caso de Campo Largo também é relacionado a uma pessoa que esteve recentemente na Itália, país com mais casos de coronavírus na Europa, com 528 infectados e 14 mortes até o começo da tarde desta quinta. Quarta-feira, o Ministério da Saúde confirmou o primeiro caso de coronavírus no Brasil: um homem de 61 anos que também esteve na Itália recentemente.

A paciente de Campo Largo apresenta sintomas clínicos da doença. Ela já teve material colhido para exame no Laboratório Central do Estado (Lacen). Se o exame der negativo, uma contraprova será encaminhada à Fiocruz, no Rio de Janeiro, para confirmar de vez se ela está ou não infectada.

É o primeiro caso suspeito na região metropolitana. A capital já teve dois casos descartados em janeiro.