Cancelas de pedágio podem ficar abertas por até um ano no Paraná

A partir do dia 28 de novembro, as cancelas de pedágio nas estradas estaduais do Paraná ficarão sem cobrança por tempo indeterminado. Os contratos de concessão das rodovias não serão prorrogados e a previsão é que a assinatura dos contratos com as novas concessionárias ocorra só no quarto trimestre de 2022.

Neste período, as rodovias ficarão sob administração do Estado e da União até que os trechos sejam novamente concedidos. Dos cerca de 3,3 mil quilômetros concedidos, aproximadamente mil quilômetros são de estradas estaduais e mais de 2 mil quilômetros são federais.

Durante o processo de discussão para o sistema de concessão, o governo estadual afirmou a prioridade de estabelecer um modelo com tarifas mais baixas de pedágio nas rodovias do estado.

O novo modelo prevê investimentos de R$ 43 bilhões em seis lotes, com obras de duplicação, contorno e trincheiras. Estão previstos 1,8 mil quilômetros de duplicações. Os novos contratos devem ter 30 anos de duração.