Quatro Barras terá monitoramento digital de placas de veículos

Quatro Barras já iniciou o processo para implantação do monitoramento de cercamento digital que irá identificar placas de veículos circulantes no município. A tecnologia servirá como auxílio às forças de segurança locais e permitirá controlar entradas e saídas da cidade, e a movimentação em pontos estratégicos, de grande circulação ou pontos ermos, a exemplo das áreas rurais.

O contrato com a empresa responsável pelo monitoramento foi assinado no final de janeiro, antes do prefeito Loreno Tolardo se licenciar do cargo. O novo sistema prevê a instalação de 19 câmeras de monitoramento, 9 delas no modelo LPR (OCR), que permite a leitura e reconhecimento de placas de veículos; além de outras 10 câmeras Speed Dome, com ângulo de 360º.

As 9 câmeras LPR serão posicionadas nas entradas e saídas da cidade, rotatórias, além de locais de grande fluxo, e serão uma ferramenta estratégica na identificação de veículos com alerta de roubos ou furtos, na localização de suspeitos, no monitoramento de veículos, além de dar suporte e base de dados para os serviços de investigação realizados pela Guarda Municipal em conjunto com a Polícia Civil.

Todo este aparato será coordenado e acompanhado na sala de monitoramento da Guarda Municipal, que receberá novos painéis, 6 monitores de 50’, além de novos equipamentos de computação e telefonia. Outro avanço diz respeito à segurança nas áreas rurais, que pela primeira vez serão vigiadas por um sistema de monitoramento de alta tecnologia. Já está prevista a instalação de câmeras no Florestal, na Campininha e no Palmital, nesta primeira etapa. Mas o planejamento da Prefeitura ainda engloba etapas sequentes em várias outras regiões da área rural, fazendo uso da energia solar.

Conforme o previsto, os equipamentos devem começar a operar em cerca de 90 dias.