PC de Piraquara prende pastor evangélico e amigo suspeitos de pornografia infantil e pedofilia

Um pastor evangélico de 54 anos e um comparsa dele, 68, foram presos em Piraquara, na segunda-feira (16). Eles tinham mandados de prisão expedidos em desfavor deles por suspeita da prática de crime de disseminação de pornografia infantil e pedofilia no município.

Segundo o investigador Sérgio Klaar, da Polícia Civil, as prisões fazem parte de Operação Anjo da Guarda, que tem o objetivo de coibir ações, dentre as quais, a prática de pornografia infantil no município. Os dois presos eram amigos e faziam esquema de troca de imagens de crianças com cunho pornográfico.

O suspeito de 68 anos já tinha outro mandado de prisão em aberto, pelo crime de homicídio. Além das prisões em flagrante, os policiais civis encontraram um vasto material, incluindo fotos e vídeos dos suspeitos com as crianças armazenadas em aparelhos celulares, notebooks, HDs e pen drives.