Pais recebem a 1ª Carteira de Autista para o filho de três anos em Quatro Barras

A Câmara de Vereadores de Quatro Barras promoveu, na noite de quarta-feira (27), um encontro para falar sobre Autismo. O evento reuniu cerca de 120 pessoas e contou com a presença de especialistas no assunto, professores da rede pública estadual e municipal, pedagogos, profissionais da saúde, pais e crianças autistas, além de autoridades.

Com o tema “Vamos falar sobre Autismo?”, a abordagem teve a iniciativa do vereador Kayo Augustus Santos e recebeu palestras conduzidas por Elize Matos, diretora o ICO Project Instituto e Fernanda Rosa, diretora do Instituto Anjo Azul.

Um dos momentos mais marcantes e simbólicos do evento foi a entrega da 1ª Carteira de Identificação da Pessoa com TEA (Transtorno do Espectro Autista) de Quatro Barras, recebida por Caroline Calegari Paula e Atiério Zatoni, pais do pequeno Artur Gabriel de 3 anos. “É um pequeno passo que estamos dando a fim de reconhecer a comunidade autista em Quatro Barras. Será importante para as próximas melhorias que a comunidade autista tanto precisa”, reconhece Caroline.

A carteirinha, além de servir como documento de identificação, tem como finalidade mapear o número de autistas no município e garantir os direitos das pessoas com TEA em todos os serviços públicos de saúde. A iniciativa é fruto de um outro projeto também de autoria do vereador Kayo Augustus, que desde o início do mandato tem se dedicado a elaborar leis e ações em prol da comunidade autista.

“Quando a gente iniciou o mandato, trilhamos alguns temas que gostaríamos de trabalhar, e entre eles, o autismo. A carteira do TEA foi o primeiro projeto apresentado e aprovado, pois acredito que à partir dessa identificação podemos ter uma noção de quantas pessoas com Transtorno do Espectro Autista temos no município, e com isso moldar novas políticas municipais em favor da causa”, explica o vereador.

O projeto mais recente aprovado pela Câmara de Quatro Barras, de autoria de Kayo Augustus, foi a Lei prevendo a Semana de Conscientização do Autismo. O teor da matéria versa sobre campanhas educativas à cerca do tema, de modo que toda a população seja cada vez mais inserida no contexto do Autismo. Outro projeto de destaque apresentado pelo vereador foi a Obrigatoriedade da Inserção do Símbolo do Autismo em todas as placas de atendimento preferencial.

Além disso, uma iniciativa inédita mediada pelo vereador é o treinamento parental, que está sendo realizado em parceria com o Instituto Ico Project. O projeto consiste em treinar pessoas que são cuidadoras de pessoas autistas, sem formação alguma, para que elas possam estimular a criança ou adulto para autonomia de hábitos diários. O serviço é feito de forma gratuita na Rede Municipal de Saúde. “Quatro Barras é a 2ª cidade no Brasil a desenvolver o projeto, a 1ª foi Curitiba”, explica.

Além do vereador Kayo Augustus, participaram do evento o vereador e presidente da Câmara Municipal, Eduardo José Lago (Dudu); vereadora Lucinéia Alves (Lu) e também os parlamentares André Luiz da Silva Barcia (Dr. André), Gilson Rodrigues e Sandro Eleno Andreatta (Leno).

O Poder Executivo foi representado no evento pela diretora da Secretaria Municipal de Governo e Desenvolvimento Econômico, Ana Claudia Valenga, os secretários municipais de Infraestrutura, Logística e Frotas, Paulo César de Lima Junior e de Tecnologia da Informação e Comunicação, Luis Henrique Francisco, a Coordenadora da Secretaria Municipal de Saúde, Nair Lenz, e a Diretora da Secretaria de Educação, Gleice Esperanceta.

De Curitiba, representando a Câmara Municipal da capital paranaense, o evento contou com a presença dos vereadores Pier Petruzziello e Flávia Francischini. De Pinhais, Quatro Barras recebeu a visita do vereador Renan Ceschin. Representando Colombo, os vereadores Anderson Prego e Joel Bueno. O vereador Sergio Cavagni  e o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico Venicio Ferreira, ambos de Campina Grande do Sul, também participaram.

AUTISMO – Segundo o Ministério da Saúde, o transtorno do espectro autista (TEA) é um distúrbio do neurodesenvolvimento caracterizado por desenvolvimento atípico, manifestações comportamentais, déficits na comunicação e na interação social, padrões de comportamentos repetitivos e estereotipados, podendo apresentar um repertório restrito de interesses e atividades.