Missa da Paz deve levar mais de 400 fiéis ao Morro do Samambaia no domingo (1º)

A tradicional Missa da Paz deve levar mais de 400 fiéis ao Morro do Samambaia, em Quatro Barras no próximo domingo (1º), segundo a estimativa dos organizadores. Há mais de setenta anos cristãos e convidados de paróquias vizinhas se reúnem na montanha para a celebração. A missa será conduzida pelo padre Wellington Martins Gomes.

Diferente dos últimos anos em que havia limitação na quantidade de pessoas que subiam ao morro, desta vez a celebração ocorrerá sem inscrição prévia do público. O grupo vai se reunir à partir das 7h30 no Campo da Asa Delta. De lá, os fiéis subirão a pé por aproximadamente 1,200 metros até o cume do morro, o que leva em média 1 hora de caminhada. A missa no alto do Samambaia está programada para iniciar às 10h.

O costume de subir o morro e rezar pela paz mundial remonta à década de 40 e 50 por causa da Segunda Guerra. Os padres da época convidaram os fiéis para subir a montanha e rezar pelo fim do conflito que já havia ceifado milhares de vidas, inclusive de pracinhas brasileiros que foram à guerra. Para os cristãos a montanha tem um significado muito profundo, já que para os participantes é como se eles revivessem a passagem bíblica do sermão da montanha, em que Jesus ensina diversas lições aos seus discípulos.

Desde 2007, as celebrações passaram a acontecer no Samambaia. Anteriormente, a missa ocorria no Morro do Anhangava, mas por questões ambientais mudou de endereço. Informações podem ser obtidas no telefone da Paróquia São Sebastião de Quatro Barras, no (41) 3672-1144.