Distribuição das embalagens da Zivalplast país a fora passa pela logística e expedição

Muitas pessoas nem fazem ideia de quantos processos existem para que uma embalagem plástica produzida pela Zivalplast chegue até o cliente. Afinal, são várias regiões do país, de norte a sul, para onde são distribuídas toneladas de material fabricado pela empresa todos os dias.

É sempre um ciclo, após o pedido, um novo processo tem início. Para que tudo ocorra bem, é necessário emitir nota fiscal, conferir o produto, embalar corretamente, colocar o endereço e depois enviar a mercadoria ao destinatário. Tudo isso é feito pelo setor de expedição e logística, onde a gerente Silvana Moraes Cavalheiro é a responsável. A profissional trabalha há nove anos na função, começou como auxiliar, e como tantos outros colegas, recebeu a oportunidade de exercer seu papel de liderança na empresa.

Segundo Silvana, a missão principal do seu setor é fazer com que o produto adquirido chegue até o consumidor em perfeitas condições. “São várias etapas envolvendo planejamento das entregas a realizar, consolidação e organização da mercadoria, comprovação da documentação e acondicionamento, e o carregamento da mercadoria”, conta ela.

Equipe

 

Gerente Silvana com as assistentes Karina Batista Dominguez e Jéssica de Oliveira Moraes

Todo esse trabalho não seria possível sem o empenho da equipe comandada por Silvana, a maioria composta por mulheres. Compartilhando as tarefas com os demais, a gerente carrega consigo o lema: “Nós fizemos, e nunca eu fiz”. Para ela, mais do que uma frase de efeito, o trabalho em conjunto é primordial para o sucesso da empresa e satisfação do cliente. “Somos um ponto final que tem que dar certo!”, afirma.

O supervisor de expedição, Juliano Bruno, tem um papel fundamental no setor, e auxilia muito a gerência nessa tarefa. Ele está há 18 anos na empresa, e o emprego foi o primeiro registrado em carteira. Ele é o responsável em acompanhar a entrada e saída de produtos no sistema, além de supervisionar o estoque, e distribuir as cargas para serem enviadas ao seu destino. “Moro no bairro Menino Deus e me orgulho muito em trabalhar aqui. Não me vejo trabalhando em outro lugar”, afirma.

Transporte

Mais de 50% da expedição da Zilvaplast é terceirizada. O restante está sob supervisão direta da gerência da área. Para que as mercadorias cheguem dentro do prazo aos clientes espalhados pelos quatro cantos do país, a Zivalplast conta com alguns parceiros. Cada fornecedor atende uma determinada região, contabilizando atualmente, doze transportadoras fidelizadas, que levam desde os pequenos até os grandes pedidos para as diferentes partes do território nacional, com cargas fechadas, dedicadas e fracionadas, essa última saindo diariamente da fábrica.

Os estados que recebem o maior fluxo de produtos da Zivalplast são: Rio de Janeiro, São Paulo e Santa Catarina. As transportadoras contratadas também distribuem os produtos na Grande Curitiba e interior do Paraná, além de Minas Gerais e Manaus. “Em todo canto do país tem alguma sacolinha ou embalagem nossa”, conta Silvana.

Fluxo de mercadoria

Juliano Bruno, supervisor de expedição.

Um das preocupações do setor de logística e expedição é com o fluxo de saída da mercadoria, que deve acontecer de forma segura, fluída e correta. Afinal, são aproximadamente 20 toneladas de embalagens plásticas produzidas diariamente pela empresa, isso em dias considerados normais. Em datas especiais, como Natal e fim de ano, por exemplo, a produção mais do que dobra e a fábrica chega a produzir 50 toneladas diárias.

Conforme explica Silvana, esse aumento na produção em datas comemorativas se deve ao aquecimento do comércio nessa época do ano. “Dentro da cadeia produtiva, quanto mais as pessoas consomem, mais as empresas que são nossas clientes vendem, e com isso mais embalagens precisamos fabricar. É uma demanda crescente que interfere em todas as áreas”.

Cliente potencial no Paraná

Considerando a distribuição só em nosso estado, um dos clientes em potencial que a Zivalplast atende é muito conhecido dos paranaenses: a Rede Condor. As sacolas transparentes em bobina para colocação de frutas e as sacolas personalizadas com a marca do hipermercado, são alguns dos produtos fabricados pela Zivalplast.

Só para a rede de super e hipermercado, a produção chega a 13 milhões de embalagens toda a semana. Essas unidades são enviadas para as 56 lojas da rede espalhadas em 17 cidades do Paraná e três em Santa Catarina. Além disso, a Zivalplast dispõe em seu porfólio de mais 1.500 itens em embalagens plásticas flexíveis, de diferentes modelos e formatos.