Com projetos de estímulo à citricultura, Cerro Azul faz festa para a ponkan e a laranja neste fim de semana

De 9 a 12 de junho Cerro Azul, a “Capital da Ponkan”, estará comemorando a safra de laranja e ponkan com a realização da 26ª Festa Nacional da Ponkan e da 54ª Festa da Laranja. Shows artísticos, feira de malhas, Missa Campal, exposição de produtos agrícolas, costela fogo de chão, além de um baile oficial do evento, fazem parte da programação.

Para a realização, a Prefeitura construiu um novo parque de exposições fora do centro urbano, com amplo espaço para estacionamento de veículos.

O prefeito Patrik Magari diz que “a ponkan de Cerro Azul é diferenciada, tem mais suco, uma coloração mais marcante e, por causa do clima e da altitude, é mais doce do que as produzidas em outros locais”. Com o apoio do Sebrae Pr está sendo implantada a Indicação Geográfica – IG – do produto cerro-azulense.

Melhorias genéticas, indústria de sucos

Com o apoio também do Sebrae, além de outros órgãos do Governo do Estado e do Governo Federal (Embrapa, IDR), a citricultura de Cerro Azul deverá experimentar uma nova fase de desenvolvimento, com a implantação de melhorias genéticas.

Novas mudas estão sendo testadas e, a partir de 2024, deverão ser disseminadas aos produtores. Há ainda outro projeto, que visa estender o período da colheita, que atualmente dura 4 meses, para praticamente o ano todo – isso acalentado por novas variedades de laranjas.

Está sendo estimulado também o processo de raleio, para permitir a produção de frutas maiores, mais uniformes e bonitas, com mais suco e maior doçura.

Os produtores teriam – estão tendo, os que JÁ aderiram à iniciativa – além disso uma renda extra em momento de entressafra, porque a nova indústria de sucos que foi implantada na cidade adquire esses frutos para a produção de óleo essencial (que é obtido através das cascas).

A nova indústria, Paulin & Moura, tem como diretores pessoas que nasceram em Cerro Azul e estão com o propósito de estimular a citricultura local e regional com novas tecnologias. Há um projeto, inclusive, para se fabricar suco de ponkan, desde que se consiga eliminar o amargor causado pela limonina.