Censo 2022 começa em todo o país; Campina e Quatro Barras já recebem visita dos recenseadores

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) começou na segunda-feira (1º), a coleta de dados para o Censo Demográfico 2022. Mais de 183 mil recenseadores terão a tarefa de visitar 89 milhões de endereços em todos os 5.570 municípios brasileiros.

Censo em Quatro Barras e Campina

Antes do início dos trabalhos, o prefeito de Quatro Barras, Loreno Tolardo e o vice, Jarbas Mocelin, receberam a visita do coordenador de Área do Censo Demográfico 2022, Rogério Gonçalves Alves; do chefe do Posto Local do Censo, José Cassiano Gomes dos Reis Bisneto; e do recenseador Camilo Fonseca Rodrigues.

Em Campina Grande do Sul e Quatro Barras serão 50 recenseadores que percorrerão os bairros nas áreas urbana e rural. Em Quatro Barras a estimativa do instituto é coletar dados em cerca de 8.800 domicílios. Já em Campina Grande do Sul a estratégia é de visitar 15 mil imóveis. A data estimada para finalização da coleta é até o dia 31 de outubro.

A aplicação do questionário envolve informações a respeito de dados populacionais, além de outros quesitos como escolaridade, trabalho, renda, deficiências, entre outros, estabelecendo um panorama atualizado da população brasileira. O questionário leva em torno de 8 minutos para ser respondido, através do dispositivo móvel de coleta (DMC), utilizado pelo IBGE. Todos os dados são coletados com garantia de sigilo.

Último Censo

A última contagem da população brasileira foi realizada entre agosto e novembro de 2010. Naquele ano, a população brasileira era de quase 191 milhões de pessoas. As projeções do IBGE sugerem que esse número aumentou em aproximadamente 13% nos últimos 12 anos, elevando para 215 milhões o número de habitantes no Brasil.

O Censo 2022 acontece com dois anos de atraso. Por lei, o levantamento censitário deve ser realizado no país a cada dez anos e, portanto, deveria ter sido feito em 2020, mas foi adiado para o ano seguinte.