Caso Tainá é retomado após novos exames de DNA

A Polícia Civil do Paraná deve retomar a investigação da morte de Tainá Adriane da Silva, de 14 anos, ocorrido em Colombo, em junho de 2013. O delegado responsável é o Marcos Fontes, o mesmo que atuou na solução de Raquel Genofre, ex-aluna que foi encontrada numa mala na Rodoferroviária de Curitiba.

Foi realizado a pedido do Ministério Público do Paraná exames de DNA dos rapazes que tiveram contato com ela, seja por presencial ou mensagens de aplicativo. É bom lembrar que nenhum dos dois são suspeitos do crime.