Progressistas promove dia de filiações com políticos e astros do esporte

Capitaneado no Paraná pela deputada estadual Maria Victoria, o Progressistas confirmou o seu protagonismo na política estadual no concorrido evento de filiação promovido no sábado (13), no Jockey Club, em Curitiba. Entre os novos quadros estão políticos experientes, como Christiane Yared, Pedro Lupion, Guto Silva, Tião Medeiros e Julieta Reis, e até astros do esporte, como a ex-tenista Gisele Miró e o ex-lutador Wanderlei Silva.

Na ocasião, que contou com as presenças do governador Ratinho Júnior, do ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira, do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, do líder do governo na Câmara, deputado Ricardo Barros, do vice-prefeito de Curitiba, Eduardo Pimentel e do líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Hussein Bakri, entre várias outras autoridades, a legenda formalizou a filiação de 14 novos quadros.

Entre eles, lideranças expressivas, como o ex-secretário da Casa Civil do governador Ratinho Júnior, Guto Silva, que veio do PSD e vai disputar o Senado; o deputado federal Pedro Lupion, que estava no Democratas havia 23 anos – e seu pai, Abelardo, outro quadro histórico do Democratas, assim como a ex-vereadora Julieta Reis e o prefeito de Pinhalão, Dionísio Alencar; o deputado estadual Tião Medeiros, que veio do PTB e vai disputar a Câmara Federal; a deputada federal Christiane Yared, que deixou o PL; o deputado federal e ex-árbitro de futebol Evandro Roman, oriundo do Patriota; o coronel Sérgio Malucelli, presidente da Fetranspar; a empresária e ativista Keyla Ávila, de Ponta Grossa; a empresária Cátia Presa, de São Miguel do Iguaçu; e o empresário Ike Kroll, de Telêmaco Borba. E também ídolos do esporte, como a ex-tenista Gisele Miró e o multicampeão do UFC Wanderlei Silva.

Guto Silva aproveitou a presença do governador Ratinho Júnior no evento para desmentir os boatos de que teria brigado com ele, e disse estar entrando no Progressistas com o “coração sereno”: “Eu tinha duas condições para aceitar o convite do Progressistas: o apoio ao governador Ratinho Júnior e ao presidente Bolsonaro e ter as condições de contribuir com o nosso projeto para o estado no Senado, estar na linha de frente. E isso está no DNA do Progressistas”.

Pedro Lupion confessou que não foi fácil deixar o Democratas, que presidiu por seis anos. “Eu tinha 23 anos de filiação, contando PFL e DEM. Como dizemos na fazenda, parece que eu tinha o 25 marcado a ferro em brasa na testa. Eu dizia que seria o último a sair do partido e assim fiz, porque o DEM acabou. E vim para o PP a convite de pessoas que gosto muito, como a deputada Maria Victoria, de quem fui colega na Assembleia, o deputado Ricardo Barros, meu colega na Câmara e a ex-governadora Cida Borghetti, de quem tive a honra de ser líder no parlamento estadual. E venho para o partido que acolheu minha família, e que é protagonista na política do Paraná”, destacou.

Ex-vereadora de Curitiba por seis mandatos consecutivos e também oriunda do DEM, Julieta Reis fez coro com Pedro Lupion no acolhimento que sentiu na nova casa. “Fiz toda a minha carreira no PFL e no DEM, e hoje somos Progressistas. E o Progressistas me dá todas as condições para continuar a me dedicar à política, que é o que me motiva. Não podemos nos omitir”, frisou.

Outra que usou o termo “acolhida” foi a deputada federal Christiane Yared, que veio do PL: “Estou muito satisfeita, sabendo que a gente continua como base do governo e lutando pelo estado. Eu me sinto muito acolhida e espera que a gente possa fazer a diferença muito mais agora no Progressistas”.

O ex-petebista Tião Medeiros, que vai tentar uma vaga na Câmara Federal, destacou a capacidade que o Progressistas tem de “agregar”: “O PP é um dos partidos que mais crescem no Paraná e no cenário nacional. E cresce porque é um partido que sabe construir relações, consegue unir as pessoas, agregar. Tem princípios e valores nos quais eu acredito, como a valorização da pessoa, o respeito absoluto à propriedade privada, o estímulo à livre iniciativa e ao crescimento, e o desenvolvimento de uma sociedade mais equilibrada e justa, com menos conflitos. Uma postura cada vez mais importante no cenário nacional, onde os radicalismos são afastados e o equilíbrio é um alvo a ser buscado”.

Evandro Roman destacou a força da nova legenda: “O PP é um partido forte, e uma das coisas que Brasília ensina é que você precisa de um partido forte. Que se une nas votações, capaz de entregar quanto está na situação e quando está na oposição. E o PP é assim, forte, robusto e coeso, que vai nos dar um suporte muito grande”, resumiu.

As lideranças ligadas ao esporte também chamaram a atenção para o suporte que encontraram na nova legenda. “Estou muito feliz, fui muito bem recebida. Quem mais me acolheu foi a deputada Maria Victoria, que sempre me apoiou em todos os projetos que eu fiz no Paraná, seja no tênis ou no vôlei”, comentou a ex-tenista Gisele Miró. “E eu estou em um bom momento da minha vida, com tempo e disposição para fazer parte dessa equipe e ajudar a melhorar o Paraná e o Brasil. Não tenho experiência política, quero aprender, e pretendo me unir às pessoas que fazem muito pelo Paraná, como a Maria Victoria.”

Seis vezes campeão mundial do Pride UFC, Wanderlei Silva foi na mesma linha: “Estou muito feliz por estar finalmente em um grande partido, que vai poder direcionar a gente, com a ajuda de Deus e dos votos, a ser um representante do esporte no Paraná. Eu sou a prova de como o esporte pode mudar vidas, do que ele pode fazer por um jovem. Nasci no Butiatuvinha, sou filho de um motorista de ônibus e de uma cozinheira do Restaurante Cascatinha, e graças ao esporte me tornei ídolo mundial. Quero tentar, na medida do possível, fazer com que outros tenham a oportunidade que eu tive. Usar na política a força, a garra e a competência que eu aprendi no esporte”, resumiu.

Prefeito de Tunas marca presença no evento

O prefeito de Tunas do Paraná, Marco Baldão, também participou do evento de filiação do partido. O chefe do executivo municipal esteve acompanhado de outros colegas da legenda como o presidente municipal do partido, Mariovaldo  o “Neno”; do secretário de Administração Antônio Marcos e do presidente da Câmara Municipal, vereador Adriano Pereira Xavier.