Mais uma Páscoa em meio à pandemia

Celebrações virtuais, encontros familiares menores, compra de ovos à distância. Assim como em 2020, a Páscoa terá que se adaptar à pandemia do novo coronavírus (covid-19), que continua avançando em todo o Brasil, mesmo com a chegada da vacina.

As igrejas, já organizadas há meses para manter suas celebrações de forma segura, não deixarão de celebrar a ressurreição de Jesus, uma das datas religiosas mais importantes do ano.

O Santuário Nossa Senhora de Fátima, no Jardim Paulista, em Campina Grande do Sul, por exemplo, vai transmitir as missas da Quinta-feira Santa (18h30), Sexta-feira Santa (15h), Sábado Santo (18h30) e Domingo de Páscoa (8h30 e 18h30) ao vivo por meio de live na página do Facebook: /SantuarioFatimaBrasil. O mesmo foi feito na celebração do Domingo de Ramos, no último dia 28.

Apesar de estarem permitidas no município celebrações religiosas presenciais com ocupação máxima de 15% da capacidade de público em três dias da semana, as missas no Santuário têm sido realizads apenas com a presença da equipe da liturgia. A medida é uma recomendação do bispo da Diocese, Dom Edmar Peron, e foi tomada para evitar injustiças, já que o decreto em vigor permite que um número muito pequeno de fieis participe dos encontros presencialmente.

A paróquia também sugere que as famílias preparem as suas casas para celebrar a Semana Santa com a família. Para a Quinta-feira Santa, a dica é preparar uma jarra de água e uma bacia. Na Sexta-feira Santa, uma cruz na porta de casa e um pequeno altar com crucifixo. No Sábado Santo, uma vasilha com água e uma vela para ser abençoada. No Domingo de Páscoa, um lenço branco na porta e a vela abençoada no dia anterior.

Para continuar próximo dos fieis durante a pandemia, o Santuário possui, ainda, um canal no YouTube, que se chama ‘Santuário Nossa Senhora de Fátima – C. Gde. do Sul’ e já tem mais de 700 inscritos, além de um contato e um um grupo no WhatsApp.

BANDEIRA VERMELHA

Enquanto vigorar a bandeira vermelha em Campina Grande do Sul, decretada na última segunda-feira, dia 29, as atividades religiosas têm os encontros presenciais liberados apenas às quartas-feiras, sextas-feiras e domingos das 7h às 21h, com ocupação máxima de 15% da capacidade de público. Pessoas maiores de 60 anos e menores de 14 só podem participar das celebrações de forma remota.