Jardins embelezam o Jardim Paulista

Com o fim do inverno e chegada da primavera, quando as árvores que embelezam a cidade florescem, é hora de os jardins domiciliares também ficarem mais bonitos e receberem cuidados especiais.  É o que acontece na casa do coordenador de Logística Charles Winston, localizada na rua Nilce Terezinha Zanetti, no Jardim Paulista, em Campina Grande do Sul.

Conforme ele, no inverno cuidar do jardim é mais difícil que nas épocas mais quentes. “No inverno o que acontece é que cresce apenas mato e, com ele, aparecem muitas pragas. Então, este é o momento em que nós começamos a fortalecer a grama com ureia e adubos específicos, sempre tentando evitar os venenos, por conta dos cachorros”, explica Charles, que tem espécies como charuto sete pontas, kaizen, palmeiras, suculentas e copos de leite e outros, no seu jardim.

Ele lembra, que, às vezes, o que atrapalha são os terrenos vizinhos que não recebem os mesmos cuidados. “Na frente da minha casa há um terreno baldio que tem muito mato, de onde saem sementes e essas pragas daninhas são trazidas pelo vento para o meu jardim. Então, não adianta apenas a gente cuidar, é importante que todos tenham a mesma preocupação em cuidar do seu terreno”.

“É importante que todos tenham a mesma preocupação em cuidar do seu terreno”.

O jardim da residência da aposentada Maria Helena Baggio também chama a atenção na rua Nilce Terezinha Zanetti. Ela, que mora no local há 13 anos, conta que quem começou com a plantação de rosas foi a mãe, que cuidou do local até os 85 anos de idade. “Isso aqui era o passatempo dela, mas há mais de um ano ela não pode mais cuidar, pois sofreu um AVC. Mas, antes disso, todo dia estava aqui, molhando, cuidando e arrancando os matinhos”. As roseiras florescem o ano todo, conforme Maria, e a única preocupação que a família tem hoje é manter limpo e cuidar das formigas.

Os aposentados Maria Antonia e Carlos dos Santos, moradores da rua Professor Duílio Calderari, no Jardim Paulista, são outros que dão um bom exemplo. Eles têm em seu jardim rosas e lírios. “A minha mulher está todo dia mexendo no jardim, podando as rosas que já secaram as pétalas, para sair o broto e nascer novas. Nós gostamos de manter tudo bem cuidado, pois achamos bonito e dá um ar diferente no terreno; o nosso é cercado de flores”, afirma Carlos.