Casos de Covid-19 em Campina Grande do Sul continuam concentrados no Jardim Paulista 

Campina Grande do Sul alcançou a marca de 60 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19) nesta sexta-feira, dia 5. O número consta no boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde. Segundo a última tabela divulgada pela prefeitura – nesta quinta-feira, dia 4, quando o número de casos era 50 – a maioria das pessoas contaminadas pela doença no município moram no Jardim Paulista. 

Dos 50 campineneses confirmados com o novo coronavírus entre o dia 3 de abril, quando foi registrado o primeiro caso no município, e o dia 4 de junho, 21 pessoas se recuperaram, 23 permanecem em isolamento domiciliar, três estão internadas em hospital e três morreram. A faixa etária mais atingida pela doença na cidade é a de 30 a 39 anos de idade. 

BAIRROS 

O Jardim Paulista, bairro mais populoso da cidade, teve 12 casos confirmados de Covid-19 até o momento. Em segundo lugar está o Santa Rosa, com sete, e a Jaguatirica, com seis, seguidos do Ribeirão Grande, com cinco.

Foram registrados ainda três casos no Paiol de Baixo (Terra Boa), três no Jardim da Campina, dois na sede, dois no Joana Olímpia e dois no Jardim Graciosa. Jardim Daher,Cohapar, Araçatuba, Jardim Nesita, Água Doce, Santa Rita, Timbu e Jardim Flórida têm um caso cada. 

EM TRATAMENTO

Os pacientes que estão em isolamento domiciliar moram no Jardim Paulista (6), Santa Rosa (3), Jardim da Campina (3), Cohapar (1), Jardim Nesita (1), Timbu (1), Água Doce (1), Araçatuba (1), Ribeirão (1), Jaguatirica (1), Santa Rita (1), Jardim Flórida (1), Jardim Graciosa (1) e Joana Olímpia (1). Os três pacientes internados são do Jardim Daher, Santa Rosa e Paiol de Baixo (Terra Boa). 

RECUPERADOS

O bairro com o maior número de recuperados da Covid-19 também é o Jardim Paulista, com seis. O Ribeirão Grande é o segundo, com quatro moradores recuperados da doença. No Santa Rosa, três pessoas que foram contaminadas estão recuperadas. Na Jaguatirica são três e na sede, dois. Joana Olímpia, Paiol de Baixo e Jardim Graciosa têm um morador recuperado cada. 

IDADE

A faixa etária mais atingida pelo novo coronavírus em Campina Grande do Sul é a 30 a 39 anos, com 14 casos registrados. Em seguida, estão as pessoas de 50 a 59 anos, com 12 confirmações. Entre os contaminados, ainda há 12 com idades entre 20 e 29. A faixa etária de 40 a 49 anos soma cinco casos confirmados. As faixas etárias de 70 a 79 e 80 a 89 somam três cada. A faixa etária menos atingida é a que vai de 60 a 69, que tem duas pessoas infectadas. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *