Governo do Paraná cogita toque de recolher para conter avanço da Covid-19

Com o crescimento exponencial dos casos de Covid-19 nas últimas semanas, o Governo do Paraná cogita adotar toque de recolher das 23h às 5h. O anúncio foi feito pelo secretário estadual da Saúde, Beto Preto, em entrevista ao programa Bom Dia Paraná, nesta terça-feira, dia 1º, e em seguida confirmado por meio de nota oficial.

“Precisamos diminuir o movimento de pessoas para evitar a circulação do vírus. Inicialmente, queremos adotar estratégias que não afetem as atividades comerciais”, disse o secretário. Ele também falou sobre outras medidas que estão em estudo, como o fechamento de praças e parques e a adoção de trabalho remoto nas repartições públicas. A suspensão de cirurgias eletivas pelo período de 30 dias já está em vigor. Um novo decreto com as novas normativas deve ser publicado até quarta-feira, dia 2.

De acordo com boletim da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) de segunda-feira, dia 30, o Paraná tem 277.424 casos confirmados do novo coronavírus e 6.099 mortes.

LEITOS

O avanço da pandemia reflete diretamente na espera por leitos de UTI. Nesta segunda-feira, dia 30, o presidente da Associação dos Municípios da Região Metropolitana (Assomec) e prefeito de Fazenda Rio Grande, Marcio Wozniack, informou que pelo menos 50 pacientes com diagnóstico da Covid-19 estão no aguardo de vagas de UTI em hospitais da região.

Os números foram divulgados aos prefeitos pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesa) durante a 33ª reunião do Fórum Metropolitano de Combate à Covid-19. “São números alarmantes e que nunca alcançamos durante a pandemia. Praticamente 100% de todos os nossos hospitais de referência estão ocupados com casos de Covid-19, então é um dado alarmante, assustador e que nos chocou”, disse Wozniack.

O secretário Beto Preto destacou que não há falta de assistência, mas confirmou que a rede pública está chegando ao limite da capacidade de atendimento. Ele explicou que leitos que já haviam sido desativados estão sendo reativados. “Com o esforço de todos os municípios, já reativamos 400 e continuamos trabalhando para ampliar ainda mais a nossa rede”.

PSS

O Governo do Paraná está avaliando a realização das provas do Processo Seletivo Simplificado (PSS) para a contratação de 4 mil professores. Cerca de 47 mil pessoas se inscreveram no edital. As provas estão marcadas para o dia 13 de dezembro, mas poderão ser alteradas caso haja um aumento no número de casos e não haja garantia dos parâmetros de segurança.

Leia a íntegra da nota oficial do Governo do Paraná:

O Governo do Estado reafirma que continuam válidas todas orientações divulgadas desde o início da pandemia da Covid-19 para evitar a propagação do novo coronavírus, como o distanciamento físico, o uso de máscara e a higiene pessoal.

Por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), e em alinhamento com os gestores municipais, serão produzidos dois novos instrumentos jurídicos para ajudar a conter a alta disseminação do vírus verificada nos últimos dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!