Em bandeira amarela, Curitiba reabre bares, parques e feiras

A Prefeitura de Curitiba decretou, nesta segunda-feira, dia 17, a bandeira amarela na avaliação dos riscos da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) na cidade. Com a nova tabela em vigor, a partir desta terça-feira, dia 18, atividades comerciais e serviços que estavam proibidos foram liberados e outros que estavam funcionando em horários especiais agora podem abrir sem restrições. A capital estava em bandeira laranja há mais de três meses, desde 13 de junho. 

 

Não há mais restrições para panificadoras e supermercados, por exemplo, que durante a bandeira laranja tiveram que adotar horário especial e não puderam abrir aos domingos. 

 

Também fica liberado o acesso do público a parques, praças e feiras. Lojas de rua, galerias e centros comerciais podem abrir das 10h às 20h e shoppings, das 12h às 22h. Para restaurantes, lanchonetes e bares o horário permitido é das 6h às 23h. 

 

Escolas seguem proibidas de terem aulas presenciais. Segundo a secretária de Saúde de Curitiba, Marcia Huçulak, antes de setembro as instituições privadas de ensino não serão autorizadas a retomar as atividades. A afirmação foi feita durante uma entrevista coletiva por vídeoconferência.

 

A decisão pela volta da bandeira amarela foi baseada na avaliação da incidência da Covid-19 nas últimas semanas. Houve redução de 20% nos novos casos, 20% nos óbitos e 10% na taxa de ocupação de UTI.

 

O QUE MUDA

Podem funcionar sem restrição de dias e horários:

Mercados, supermercados e hipermercados

Panificadoras e padarias

Comércios varejista de hortifrutigranjeiros, quitandas, mercearias, distribuidora de bebidas, peixarias e açougues

Lojas de material de construção

Concessionárias de veículos

Escritórios em geral, salões de beleza, barbearias, atividades de estética, academias de ginástica, e serviços de banho e tosa de animais

 

Podem funcionar com restrições de horário:

Os bares, que estavam fechados, podem abrir todos os dias, das 6h às 23h 

Os parques Tingui, Barigui, Barreirinha, Tropeiros, Guairacá, Mairi, Cambuí, Mané Guarrincha, Yberê, Lago Azul, Atuba, Passaúna, Tanguá, Bacacheri, São Lourenço e Náutico reabrem

Feiras livres e de artesanatos podem abrir desde que sigam as regras estabelecidas pela Secretaria Municipal de Segurança Alimentar (SMSAN) para evitar aglomerações e proteger fregueses e feirantes

Shopping centers podem funcionar todos os dias da semana, entre 12h e 22h

Galerias, centros comerciais e comércio de rua podem abrir das 10h às 20h, todos os dias

 

Podem funcionar com até 50% da capacidade:

O transporte coletivo

Hotéis e resorts

Pousadas e hostels

 

Continuam suspensos:

Estabelecimentos destinados a eventos sociais e atividades correlatas, com ou sem música, de forma eventual ou periódica, tais como casas de festas, recepções, circos, teatros e ci

nemas

Estabelecimentos destinados a feiras técnicas ou de varejo, mostras comerciais, congressos, convenções, entre outros eventos de interesse profissional, técnico e/ou científico

Estabelecimentos de ensino

Atividades de entretenimento sonoro ou não, de forma eventual ou periódica

 

Confira aqui a TABELA COMPLETA.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!