Barragens da região metropolitana de Curitiba estão com 37,88% da capacidade 

As quatro barragens que formam o Sistema de Abastecimento Integrado (Saic) de Curitiba e municípios da região metropolitana estão com uma média de 37,88% no nível dos resertarórios. Com isso, a Sanepar mantém o sistema de rodízio nessas cidades e reforça a importância de a população fazer o uso racional da água.

“Para normalizar o abastecimento é necessário que as chuvas sejam contínuas e regulares. A previsão é que isso ocorra a partir de setembro. Portanto, a determinação é uso racional”, afirma o diretor de Operações da Sanepar, Paulo Dedavid.

A Sanepar faz monitoramento diário da situação das barragens e já adotou várias medidas de captação emergencial para garantir reserva suficiente até a chegada das chuvas. Nesta quarta-feira, dia 17, a Barragem do Iraí estava com 15,52% de sua capacidade, a do Passaúna, 38,42%, a do Piraquara I, 40,26%, e a do Piraquara II, 96,40%.

No site que mantém informações para os investidores, os dados das barragens estão disponíveis ao público, com atualização semanal. Os níveis podem ser acompanhados no SITE.

NOVA TABELA

Também é possível consultar se o seu endereço está na programação do rodízio consultando o MAPA.

A nova TABELA de abasteciemento até 24 de junho, foi divulgada pela Sanepar nesta sexta-feira, dia 19.

O rodízio começa sempre às 16 horas, com término às 16h do dia seguinte, e normalização do abastecimento em até 12 horas. A Sanepar reforça o alerta para que a população faça uso racional da água, priorizando a higiene pessoal e a alimentação.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!